Festa joanina: São João

As festas joaninas celebradas no Brasil, nos fazer lembrar da história de São João Batista, primo de Nosso Senhor Jesus. João Batista viveu no deserto por muitos anos, alimentando-se de frutas silvestres e mel, assim se preparava para anunciar Cristo. Quando chegou o momento, João Batista, escutando o chamado de Deus, iniciou a sua pregação anunciando a chegada de Cristo, e para acolhe-lo o povo tinha que se converter e batizar, assim como a imagem da fogueira, tão importante na celebração da festa joanina, fogueira onde podemos queimar nossos pecados, e acolher o calor do amor de Deus.


Nessa época, vivencia-se também o recolhimento propiciado pela chegada do inverno, que oportuniza reflexão e fortalecimento para a espera da posterior renovação da vida, percebida durante o retorno do calor e da prosperidade da natureza.


Envolvidos pelo espírito joanino, podemos nos concentrar em nosso mundo interior para fazer um balanço, “queimar” aquilo que não nos serve mais e abrir espaço para a luz que torna a vida plena e repleta do amor pelo próximo, fazendo brilhar nossas lanternas por todo o caminho.
A época de São João guarda carinho e respeito pelas particularidades de nossa cultura, celebrando danças, músicas e alimentos que compõem a expressão de tradições de várias regiões de nosso país.

O Centro de Convivência celebra a festa joanina com toda a comunidade nos dois primeiros finais de semana do mês de junho